janeiro 11, 2012

E quando o coração cansa de ser palhaço?


Talvez, se pararmos pra pensar às vezes o coração fica tão burro e frágil que se entrega ao primeiro olhar ao primeiro carinho. Não está totalmente errado, mas a escolha do objeto de desejo pode ser uma má escolha.
Quando se sabe que as chances são mínimas ou apenas nenhuma, e ainda sim tenta-se conseguir o que o danado do coração pede ai começa o perigo.
O coração é tão enganoso e burro que chega a irritar. Se envolver loucamente por alguém e tão prejudicial que no final nada pode ser produtivo. Exemplo: às vezes fazemos ou pensamos coisas que não queremos porque amamos ou pensamos amar algo ou alguém.
O amor tem várias faces. Encontrar a certa que é o problema. Cuidado a quem entrega seus sentimentos par ano final não sofrer. Não sei quando o dito cujo resolve bater por quem não deve, mas sei que podemos lutar contra o que sentimos. Uma vez aprendi com uma amiga que se temos a decisão nas mãos podemos escolher chorar e sofrer por quem nunca irá nos olhar ou então decidi não querer mais esse sentimento.
Não somos super-homens que esquecem fácil, mas podemos lutar para esquecer e superar o que um dia nos fez tão mal. Afinal quem decide somos nós. Seu coração sente você não manda nele, mas escolhe se quer ou não ficar choramingando.

@LucitahSwan

Um comentário:

  1. amiga...hj ta inspirada, gostei do seu ponto de vista! continue assim moça

    ResponderExcluir